Sunday, October 12, 2008

Diferente

Se não fossem tuas unhas vermelhas
Ninguém diria que você está diferente
Se não fosse teu cabelo roxo, morena
Ninguém te saberia não mais inocente.

Seus delicados pés de bailarina que eu vi
Exibirem um salto agulha de alumínio
Que perfurava o negro asfalto da Paulista
Combinam bem com essas lentes frias
[nestes olhos teus.

Se não fossem tuas unhas vermelhas
Ninguém diria que a dor afiou as tuas garras
Se não fosse teu cabelo ao vento na Avenida
Ninguém adivinharia essa tua mudança rara.

10 comments:

Aline Dias said...

quando eu chego em casa nada me consola
você está sempre aflita
lágrimas nos olhos de cortar cebola.
Você está tão bonita!

Você não está entendendo nada do que eu digo, né?

bia de barros said...

era pra entender? x)

instantes e momentos said...

muito bom otexto, muito bom.
Maurizio

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern said...

Vermelho... qdo tudo vai mal e quer parecer bem, vermelho...
Beijos e borboleteios!

Rafael Abreu: said...

Menina de porcelana feita em lâmina afiada.
Adorei.

O Profeta said...

Este impaciente vento
Solta a espuma de um escuro mar
Mistura o pranto e o riso
Aprisionados em sal solto no ar

Indomável é a tua vontade
Alimentas o fogo da solidão
Percorres caminhos incertos
Dás inquietação a uma oração



Boa semana



Mágico beijo

Belinha said...

Oiii meu amor...
cada vez mostrando mais seu talento
sua estrela brilha mais forte quanto mais cresce e aprende

sempre conte comigo...

te amoooo

Natiih said...

adorei o texto,muito bom! :D
beijos

Thiara Pagani said...

Lindo Bia!
Amo vermelho, gosto de usar roupas dessa cor quando estou sem energia... Renova!

darsh. said...

existem pessoas que mexem muito comigo quando estão de vermelho.

mas a verdade é que esse texto virou o meu preferido.