Wednesday, April 22, 2009

Para uma Rainha

Nos seus escritos revela segredos
Com perspicaz malícia, ingênua
Menina de pulseiras rock'n roll
e de amores Pulp Fiction


Posso ver o meu reflexo
Nas estórias desta vida

Menina de alegre brilho

Nas duas pupilas cinzas


Princesa do reino de Darshan
Onde reina a velha infância

Contigo sou
eternacriança

Assina estes versos plebeus

Tua súdita fiel: teu desejo,

Minha prece, meu espelho
[d'água.

.*.


Para quem não a conhece, seu nome é Darshany... a garota que abandonou o casaco ^~

7 comments:

Poeta Eterno said...

Gosto do que escreve, me remete a uma inocência que trás a infância que trás a melhor epoca da vida...

gabriel ramos said...

Um dia me perguntaram o porquê deu não beber e eu dei alguma resposta (mas pensei: poxa, é porque eu ainda sou criança e cultivo essa pequena inocência).

Gosto do jeito que você coloca uma letra ao lado da outra, bea.

Você foi a primeira a comentar na história do meu blog, rs.

Um beijo
:)

Brunella França said...

Que lindo! Amizade é isso

Beijos e borboleteios

darsh. said...

te amo tanto. tanto.

gabriel ramos said...

Eu não sei porque cargas d'água eu não tinha vindo aqui ainda. Ler tanto esses desenhos nas letras, a forma com que abraça a poesia.

Obrigado pelas palavras doces.

Beatriz said...

Uma bela homenagem em versos lindos, ternos e sentidos.

Fica meu carinho numa rosa azul perfumando os sonhos do teu coração.

Um lindo final de semana, menina linda!

Anaa Bia ;) said...

Que lindo, meu Deus ! Tudo que você escreve é lindo :)

Aah, cajuzinha, ameei *-*
Beeijo ;*